top of page

Terminei o ensino médio, e agora? Saiba o que fazer

Essa é uma situação muito comum vivida pelos jovens atualmente. Então, surge o inevitável questionamento: terminei o ensino médio, e agora?


aluna segurando caderno e com cara de pensativa

Essa dúvida sempre toma conta da maioria dos jovens ao encerrar essa fase da vida escolar, já que o fim do ensino básico é um ciclo que se fecha.  E isso pode gerar muitas dúvidas e incertezas quanto ao caminho a ser tomado a partir de agora.

No entanto, isso não é muito fácil, pois está em jogo o seu futuro.  Dessa forma, decidir qual o caminho a seguir, não pode ser feito de qualquer jeito, não é?

A escolha de uma profissão é uma decisão que deve ser analisada e decidida com bastante seriedade: ela pode influenciar toda a sua vida. 

Nesse artigo, vamos falar sobre quais as opções que você pode contar depois que termina o ensino médio.

Vamos abordar, também, quais critérios devem ser levados em conta, na hora de escolher uma profissão e o quanto é importante buscar orientação profissional. 

Então, senta aqui, vamos conversar sobre o seu futuro.

 

O que fazer depois do ensino médio?


Questionamentos como:  “Não sei o que fazer agora”, são muito comuns nos estudantes recém-saídos dos bancos do ensino médio.

Afinal, agora é preciso assumir novas responsabilidades. O que fazer, então?

Dentre as opções, o jovem pode escolher por procurar um emprego, ingressar no ensino superior, fazer um curso técnico ou prestar concurso público, além de outras possibilidades. 

A princípio, você pode contar com diversas opções.  No entanto, a escolha de uma delas vai depender do seu perfil e do que você deseja para o seu futuro.

O certo, na verdade, é que nem todos os estudantes que saem do ensino médio irão seguir o mesmo caminho.

Muitos orientadores educacionais acreditam que todas essas opções devem ser estudadas. 

Por outro lado, a dica desses profissionais é que os jovens escolham trabalhar com algo que gostem de fazer. Isso será muito importante na hora de se decidir: faculdade ou mercado de trabalho?

Vamos falar mais sobre todas essas possibilidades. Quais as vantagens e desvantagens de cada uma? Vem comigo que o assunto agora é de gente grande!


Buscar um emprego

O primeiro emprego e, consequentemente, o primeiro salário pode ser o sonho de muitos jovens após concluir o ensino médio.

Quem já foi jovem, sabe do que estamos falando. O sonho de independência financeira pode levá-los a considerar a busca por um emprego como a primeira possibilidade.

No entanto, ela deve ser muito bem estudada. Lembramos que entrar no mercado de trabalho para quem acabou de sair da escola, pode ser bem difícil. 

Então, que tal pensar em investir em qualificação profissional, antes de se aventurar na busca pelo primeiro emprego?


Entrar para o curso superior

O ensino superior é a escolha mais comum que um estudante recém-saído do ensino médio pode fazer. 

Dessa forma, entrar para uma faculdade, seja pública ou privada, é a opção que pode oferecer, no longo prazo, mais segurança e estabilidade profissional e financeira.

O fato é que, ao considerar todas as suas possibilidades, ter um diploma de ensino superior será sempre o diferencial que o mercado de trabalho procura, na hora de contratar.

Por outro lado, a desvantagem é que dependendo do curso, o estudante terá que escolher entre estudar e trabalhar em simultâneo.

No entanto, a empregabilidade é uma das maiores vantagens de quem possui um curso superior.  Isso porque, pesquisas apontam que o diploma de graduação é uma das exigências para ingressar no mercado de trabalho.

Além do mais, um profissional com ensino superior possui qualificação, o que pode influenciar, inclusive, na remuneração salarial.

Que tal analisar melhor essa possibilidade?


Fazer concurso público

Estudar para prestar concurso público pode ser, também, uma boa opção para quem acabou de sair do ensino médio. 

A princípio, um dos maiores motivos que levam os jovens a optarem pela carreira pública, é a busca por estabilidade profissional e financeira.

No entanto, também nestes casos, o diploma de ensino superior pode ser um grande diferencial na hora de prestar concurso público.


Fazer um curso técnico

Os cursos técnicos se tornam uma opção mais viável para muitos jovens, por serem mais voltados para uma profissão específica. 

Mais direcionados para ingressar rapidamente no mercado de trabalho, os cursos técnicos têm uma duração menor.

Apesar de qualificarem mais rapidamente, é uma opção que deve ser bem analisada, devido às poucas possibilidades de crescimento profissional.

 

Como saber o que quero fazer?

Essa é uma questão crucial! Muitas possibilidades e muitas dúvidas: é assim que um jovem se sente ao precisar decidir seu futuro profissional.

No entanto, fazer escolhas importantes não é nada fácil, quando se é jovem.  Dessa forma, a orientação profissional pode ser muito importante.

Vamos analisar algumas possibilidades?


Fazer testes vocacionais

Os testes vocacionais podem ser uma boa alternativa para ajudá-lo a definir por qual curso optar.

Isso porque, esse tipo de estratégia vai trabalhar o seu autoconhecimento, fator importante na hora de definir a sua vida profissional.


Participar de trabalhos voluntários

O trabalho voluntário é uma forma de treinar suas habilidades profissionais e ainda acrescentar experiência na construção de uma carreira.

Muitas ONGs e instituições precisam do trabalho voluntário e podem contribuir na sua formação profissional. Pense nisso!


Tirar um ano sabático

Para um jovem que terminou o ensino médio e ainda não decidiu qual caminho seguir, tirar um ano sabático pode ser uma excelente opção.

Que tal planejar, para esse período, um intercâmbio para estudar um novo idioma em um outro país?

O planejamento e o apoio da família é indispensável para que um jovem possa executar um projeto desses. Vale a pena tentar!

 

Como lidar com a ansiedade?

Jovens e ansiedade são quase sinônimos. Além do mais, a ansiedade sempre irá existir quando o que está em jogo é o futuro profissional.

Afinal, é impossível que os jovens não se sintam inseguros ou preocupados com o caminho a seguir.  Por isso mesmo, ressaltamos ser importante, nessa fase, a orientação de um profissional capacitado para tirar suas dúvidas e ajudá-lo a analisar as opções.


Buscar apoio de amigos e familiares

Essa pode ser uma excelente ideia. Ter a família e os amigos ao seu lado, principalmente, em um momento de decisões importantes é essencial.

Converse com eles sobre seus projetos e compartilhe sua ansiedade.


Considerar psicoterapia

A Psicoterapia é um tratamento feito por um psicólogo, para tratar problemas como a ansiedade, por exemplo.

Esse procedimento pode colaborar no seu autoconhecimento, e dessa forma, influenciar nas suas escolhas profissionais.

 

Conclusão

Se você chegou até aqui, podemos ter certeza que conseguimos, de alguma forma, ajudar a responder à sua principal dúvida, no momento: terminei o ensino médio, e agora?

Agora, é estudar suas opções e escolher a que melhor possa atender suas necessidades e expectativas para o seu futuro profissional.

Então, se você terminou o ensino médio e seus planos para o futuro incluem um curso superior, a UNICEP – Centro Universitário Central Paulista pode te oferecer excelentes opções.  Venha conversar com a gente!

Comments


bottom of page