Pedagogia

O CURSO

Dados Legais

  • O Curso foi autorizado a iniciar suas atividades pelo decreto de 08 de dezembro de 1994, publicado no Diário Oficial da União em 09 de dezembro de 1994.
  • Reconhecimento foi expresso através da Portaria n.º 1440 publicada no Diário Oficial da União n.º 247-E, Seção I em 24 de dezembro de 1998.
  • A primeira renovação do Reconhecimento está expressa através da Portaria n.º 3.799, publicada no Diário Oficial da União n.º 221, Seção 1, página 14, em 18 de novembro de 2004.
  • A segunda renovação do Reconhecimento está registrada na portaria n.º 286, publicada no Diário Oficial da União n.º 249, seção 1, página 13, em 27 de dezembro de 2012.

 

O Curso tem a duração de 4 anos, que se dividem em 08(oito) semestres. Cada semestre letivo tem duração de 22 semanas;

São autorizadas 100 vagas no período noturno.
ENADE: CPC: IGC
Última Nota Enade do Curso de Pedagogia (2011): 4
IGC da Instituição: 4
Modalidade: Presencial
Grau: Licenciatura
ENADE: 3
CPC: 4

 

DADOS GERAIS

Em maio de 2006 foi publicada a Resolução CNE/CP n° 1, que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia.

As Diretrizes Curriculares para o curso de Pedagogia aplicam-se à formação inicial para o exercício da docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, e em cursos de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar, bem como em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos. (Art. 2. RESOLUÇÃO CNE/CP n° 1, de 15 de maio de 2006).

O Pedagogo é um cidadão profissional habilitado a atuar no ensino, na organização de sistemas, unidades, projetos educacionais e na pesquisa, produção e difusão do conhecimento, em diversas áreas da educação, tendo a docência como base indispensável de sua formação e identidade profissional. A dedicação e o estudo constante fazem parte da vida desse profissional, tão requisitado no mundo contemporâneo, que pode decidir por trabalhar em empresas particulares das mais diversas áreas ou, ainda, entrar para as carreiras públicas, mediante concurso.

 

COORDENAÇÃO

O curso de Licenciatura em Pedagogia é atualmente coordenado pela professora Maria Cristina Braga Tagliavini Licenciada em Pedagogia, pela UFSCar, Bacharel em Direito, pela FADISC, Mestrado em Educação pela UFSCar e Doutoranda em Educação pela UNICAMP.

 

CAMPO DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL

A formação do Pedagogo não se restringe às necessidades imediatas do mercado de trabalho, embora não possa desconsiderá-las. A preocupação básica inclui e supera a qualificação técnica, e afirma como núcleo central a apropriação/construção de um referencial teórico-prático vigoroso, cientificamente consistente, que possibilite ao futuro profissional atuar com competência na docência e na gestão do trabalho educacional.

O campo de atuação do licenciado em Pedagogia deve ser composto pelas seguintes dimensões:

  • Docência na Educação Infantil, nos anos iniciais do Ensino Fundamental, na área de serviços e apoio escolar, e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos;
  • Gestão educacional, numa perspectiva democrática, que compreenda a participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando o planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias da Educação e de projetos e experiências educativas não-escolares; análise, formulação, implementação, acompanhamento e avaliação de políticas públicas e institucionais na área de educação;
  • Pesquisa, através da produção e difusão do conhecimento científico-tecnológico do campo educacional, em contextos escolares e não-escolares.

 

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

  • lidar com modelos de gestão inovadores;
  • comportar-se de modo flexível, com vistas a resolver problemas e desafios pedagógicos;
  • atuar com base no ordenamento de atividades e programas, com vistas a selecionar estratégias adequadas de ação, visando a atender interesses interpessoais e institucionais;
  • articular a atividade educacional nas diferentes formas de gestão, na organização do trabalho pedagógico, no planejamento, execução e avaliação de propostas pedagógicas;
  • elaborar projeto pedagógico, sintetizando as atividades de ensino e gestão, caracterizadas por categorias comuns como: planejamento, organização, coordenação e avaliação e por valores comuns como: solidariedade, cooperação, responsabilidade e compromisso;
  • identificar mudanças contextuais e antecipar-se às mesmas, através da proposição e implementação de projetos;
  • descrever processos de construção do conhecimento no indivíduo, inserido em seu contexto social e cultural.
  • estabelecer relações de parceria e colaboração com a comunidade externa à escola e, de modo especial, com os pais dos alunos, a fim de promover sua participação na comunidade escolar e uma comunicação fluente entre eles e a escola;
  • articular ensino e pesquisa na produção do conhecimento e da prática pedagógica;
  • identificar processos de ensino e aprendizagem que ocorrem em ambiente escolar e não escolar, e de suas relações com o contexto no qual se inserem as instituições de ensino e atuação sobre ele;
  • atuar como gestor em parceria com os demais membros da equipe pedagógica que compõem a instituição (escolar ou não-escolar) nas situações de ensino e de aprendizagem;
  • promover ações educativas em instituições de ensino público ou privado, organizações não governamentais e/ou empresas;
  • lidar adequadamente com os novos recursos tecnológicos à disposição da educação atualmente: recursos de informática, softwares, tecnologia audiovisual presencial e para ensino a distância;
  • valorizar o diálogo, a participação e o espírito de mudança comportamental contínuas;
  • criar condições para que os educandos possam conquistar autonomia, desenvolver a inteligência, a afetividade, o julgamento moral e a responsabilidade social e, desta maneira, poderem se integrar efetivamente à comunidade;
  • superar a ação autoritária na educação, valorizando a afetividade;
  • expressar-se adequadamente através da linguagem escrita formal;
  • comunicar-se verbalmente de forma clara e objetiva;
  • compreender e valorizar as diferentes linguagens manifestas nas sociedades contemporâneas e sua função na produção do conhecimento;
  • compreender e interpretar de modo integrado, sistêmico e estratégico o fenômeno e as práticas educativas no âmbito sócio-político-econômico-cultural no qual os mesmos encontram-se inseridos;
  • raciocinar de maneira lógica, crítica e analítica;
  • estabelecer relações formais e causais entre fenômenos;
  • interagir de modo criativo e original face aos diferentes contextos educacionais e sociais, visando superar a exclusão;
  • conhecer o contexto histórico-institucional no qual e para o qual atua;
  • assumir uma ética de atuação profissional e com a organização democrática da vida em sociedade;
  • utilizar os conhecimentos sobre a realidade econômica, cultural, política e social brasileira, para compreender o contexto e as relações em que está inserida a prática educativa.

 

ESTRUTURA CURRICULAR

O planejamento do Currículo para o curso de Licenciatura em Pedagogia da UNICEP, foi elaborado de forma a atender ao objetivo de capacitar o profissional segundo o perfil definido, bem como atender às Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Pedagogia. Este currículo contempla conteúdos voltados para os diferentes campos de atuação profissional de forma a promover o desenvolvimento de conhecimentos e garantir ao futuro licenciado uma formação fundamentada na omnilateralidade.

A disposição curricular das disciplinas ao longo dos períodos e a sua consequente integração foi projetada de forma a habilitar gradativamente o aluno na sua formação.

O grande eixo articulador do currículo de formação dos Pedagogos da UNICEP é constituído pelas relações entre a realidade dos contextos de trabalho educativo e as disciplinas e atividades desenvolvidas no curso. Tais relações devem ser explicitadas para os alunos nas disciplinas e outras atividades desenvolvidas como parte de seu processo de formação.

Para que esse eixo se concretize no projeto formativo, a estrutura do curso de Pedagogia será constituída de eixos temáticos em cada período letivo, de forma a contemplar também os núcleos: de estudos básicos, de aprofundamento e diversificação de estudos e de estudos integradores, que constam na Resolução 01/2006 CNE/CP.

No primeiro período letivo, o eixo temático consiste na “Construção do conhecimento no tempo e no espaço”, e é composto pelas disciplinas: História Contemporânea, Filosofia da Educação, Sociologia da Educação, Língua Portuguesa, Metodologia do Trabalho Científico, Tecnologias Aplicadas à Educação e Relações étnico racial e História da Cultura Afro brasileira e Africana.

No segundo período letivo o eixo temático consiste no “Estudo das relações entre a produção do conhecimento, a condução da educação e a configuração das formações sociais”, e é composto pelas disciplinas: Psicologia da Educação – Desenvolvimento, Estrutura e Funcionamento da Educação Básica, Teorias de Aprendizagem e Didática Geral, Língua Brasileira de Sinais-LIBRAS, Sociedade Tecnologia e Meio Ambiente e Leitura e Escrita: Como se Lê, como se Escreve.

No terceiro e quarto períodos letivo o eixo temático consiste na “Sala de aula: as relações entre o afetivo e o cognitivo”. O terceiro período é composto pelas disciplinas: Psicologia da Educação – Aprendizagem, Fundamentos e Práticas da Educação Infantil I, Alfabetização e Letramento, Didática, Fundamentos de Matemática e Estatística, Estágio Supervisionado I – Docência em Educação Infantil, Brinquedoteca e Atividades Teórico-Práticas.

No quarto período é composto pelas disciplinas Educação Social: nos espaços formais e não formais, Fundamentos e Práticas da Educação Infantil II, Literatura Infanto-Juvenil, Conteúdo e Metodologia de Língua Portuguesa, Conteúdo e Metodologia de Matemática, Estágio Supervisionado II – Docência em Séries Iniciais e Atividades Teórico-Práticas.

No quinto período letivo o eixo temático consiste na “Organização do trabalho didático: conteúdos e metodologia”, e é composto pelas disciplinas: Conteúdo e Metodologia de História e Geografia, Conteúdo e Metodologia de Ciências, Pesquisa Educacional, Estágio Supervisionado III – Gestão Educacional, Currículo e Avaliação Educacional, Políticas Públicas e Gestão Educacional, Atividades Teórico-Práticas.

No sexto período letivo o eixo temático consiste na “Escola como grupo social: planejamento, coordenação e organização”, e é composto pelas disciplinas: Corporeidade e Motricidade Humana, Temas Transversais, Projeto Político Pedagógico, Trabalho de Conclusão de Curso, Fundamentos e práticas de comunicação, arte e movimento, Inclusão Educacional, Educação de Jovens e adultos e Atividades Teórico-Práticas.

Os eixos temáticos foram fundamentados nos três núcleos básicos da Resolução CNE/CP n° 01/2006.


Grade Vigente do Curso

 

MERCADO DE TRABALHO

O campo de atuação do licenciado em Pedagogia deve ser composto pelas seguintes dimensões:

Docência na Educação Infantil, nos anos iniciais do Ensino Fundamental, na área de serviços e apoio escolar, e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos;

Gestão educacional, numa perspectiva democrática, que compreenda a participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando o planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias da Educação e de projetos e experiências educativas não-escolares; análise, formulação, implementação, acompanhamento e avaliação de políticas públicas e institucionais na área de educação;

Produção e difusão do conhecimento científico-tecnológico do campo educacional, em contextos escolares e não-escolares.

O Curso de Pedagogia do Centro Universitário Central Paulista, com o trabalho de um corpo docente competente e ético, com um currículo estruturado e atualizado, vem formando, há mais de duas décadas, profissionais, que hoje se destacam no mercado de trabalho da cidade e da região, quer como professores, pesquisadores, gestores, supervisores etc.

 

PERFIL DO FUTURO PROFISSIONAL

O processo de formação do profissional do curso de Licenciatura em Pedagogia deverá se circunscrever em torno da problemática pedagógica e do conhecimento da escola como uma organização complexa que tem a função social e formativa. A formação do licenciado em Pedagogia fundamenta-se no trabalho pedagógico realizado em espaços escolares e não-escolares, que têm a docência como base.


O perfil pretendido refere-se a um profissional que se caracterize por:

  • Atuar na docência na Educação Infantil;
  • Atuar na docência das séries iniciais do Ensino Fundamental;
  • Planejar ações educativas;
  • Implementar projetos sócio-educativos;
  • Integrar equipes multidisciplinares, visando o desenvolvimento de ações educacionais;
  • Analisar e planejar projetos que atinjam crianças, jovens ou adultos;
  • Promover avaliações individuais e institucionais;
  • Atuar como educador em espaços escolares e não-escolares;
  • Intervir em contextos diversificados promovendo ações educativas não-formais e informais;
  • Atuar com indivíduos de diferentes faixas etárias e características sócio-econômico-culturais e de desenvolvimento;
  • Identificar pressupostos político-filosóficos em projetos pedagógicos que ocorrem nas instituições escolares e não-escolares.

 

INCENTIVO À PESQUISA

A pesquisa, como princípio educativo, trata de questões que emergem da vivência e da reflexão, configurando-se como um exercício de organização e produção de conhecimentos aprendidos e permanentemente reelaborados. Neste sentido, a pesquisa impõe a análise e compreensão da realidade na qual ocorrem processos educativos e, consequentemente, da produção de conhecimento sobre os mesmos, ao tempo em que possibilita a reflexão sobre a própria prática profissional, referenciada na perspectiva anterior e a tomada de decisões que permitam articular os níveis da teoria e da prática.

O aluno terá a oportunidade de desenvolver atividades de pesquisa desde o início do curso. Primeiramente, através da participação do Projeto Bolsa Alfabetização oferecidos como prática pedagógica. Ao longo do curso, através das atividades de estágio supervisionado e de estudos independentes que lhe possibilitarão exercitar as atitudes e posturas de um profissional-pesquisador. Por último, os alunos concretizarão seu aprendizado em relação à pesquisa através da elaboração, desenvolvimento e conclusão de um projeto de pesquisa, como parte do Trabalho de Conclusão de Curso. Tais atividades de pesquisa oferecerão ao aluno do curso de Licenciatura em Pedagogia da UNICEP as condições necessárias para a fundamentação nas atividades de pesquisa, assim como para o seu futuro aperfeiçoamento na pós-graduação. A especialização na pós-graduação poderá ser continuada na própria instituição. O aluno terá a oportunidade, ainda, de vivenciar todas as etapas da pesquisa, inclusive a de divulgação do conhecimento produzido, por meio da apresentação de trabalhos científicos em congressos e publicações em revistas científicas. Anualmente, o UNICEP promove Jornadas Pedagógicas direcionadas aos alunos dos cursos em funcionamento na Instituição.

 

PROJETOS DE EXTENSÃO

O Centro Universitário Central Paulista sempre incentivou e vê como importante a atividade nos projetos de extensão. A extensão universitária caracteriza-se como um processo educativo, cultural e científico, que articula o ensino e a pesquisa na perspectiva de viabilizar ações de parceria e cooperação entre o centro universitário e a sociedade.

Desde 2009 o curso de Pedagogia participa do programa de extensão intitulado, Bolsa Alfabetização, em parceria com a Secretaria estadual de Educação.

O programa Bolsa Alfabetização é desenvolvido por alunos do curso de Pedagogia, sob a supervisão dos professores universitários nas classes e no horário regular de aula da 2ª série do Ciclo I do Ensino Fundamental, nas escolas da rede estadual, sediadas na cidade de São Carlos. O aluno que fizer parte deste programa terá a oportunidade de cursar a sua faculdade dispondo de uma bolsa integral, além de vivenciar a prática de sua área de atuação e cumprir parte do estágio curricular obrigatório.

Para inscrever-se no Programa, os interessados terão de fazer o vestibular e após a aprovação devem aguardar o agendamento da entrevista com a coordenação do curso.


Formas de ingresso:

  • Ser aprovado no Vestibular;
  • Ser aprovado na entrevista individual;
  • Efetuar o pagamento da matrícula e mensalidades até que o projeto seja iniciado.

 

Caberá ao aluno-pesquisador participante do projeto:

  • Prestar 4 horas diárias de colaboração (segunda à sexta-feira) nas escolas da Rede Estadual;
  • Dar apoio aos professores da segunda série do Ensino Fundamental – Ciclo I para o desenvolvimento da ação pedagógica, garantindo a aprendizagem da leitura e escrita a todos os alunos ao final do ano letivo.
  • Participar da elaboração de diagnósticos pedagógicos de alunos;
  • Planejar atividades complementares de leitura e escrita para os alunos;
  • Executar atividades didáticas para indivíduos ou grupo de alunos;
  • Participar das reuniões com orientadores da IES.

 

Formas de Acompanhamento proporcionadas pelo UNICEP:

Durante o desenvolvimento do projeto, os alunos-pesquisadores serão orientados e acompanhados por professores do curso, além do professor orientador.

 

BRINQUEDOTECA

A Brinquedoteca do Centro Universitário Central Paulista foi implantada em outubro de 2003 e tornou-se, desde então, além de um laboratório de ensino, um espaço utilizado na formação de profissionais dos diversos cursos mantidos pela instituição. Busca também mudar padrões de conduta em relação à criança, abandonar métodos e técnicas tradicionais e acreditar no lúdico como estratégia do desenvolvimento do ser humano. Para tanto, procura-se desenvolver um trabalho de formação de profissionais que tenham conhecimento de ordem psicológica, sociológica e artística, que lhes dê uma visão clara e crítica sobre a criança, a escola e a sociedade.

Os objetivos da Brinquedoteca são:

Em relação ao ensino, colaborar na formação de recursos humanos, oportunizando aos acadêmicos dos cursos de Pedagogia e Psicologia experiências educativas mais integradoras e humanas;

Valorizar o ato de brincar, respeitando a liberdade, a iniciativa, a criatividade, a autonomia e possibilitando a formação do auto conceito positivo;
Em relação à pesquisa, funcionar como um laboratório, onde professores e alunos dedicar-se-ão à exploração do lúdico no sentido de valorização e reconhecimento desta área como veículo do desenvolvimento, proporcionando aos participantes a construção do conhecimento, utilizando jogos, brinquedos e brincadeiras.

Em relação à extensão, prestar serviço à comunidade em forma de orientação e assessoramento a escolas e instituições infantis, casas de acolhimento a idosos, centros comunitários e no desenvolvimento de mini cursos, palestras e orientações para instalação de novas brinquedotecas e também um local apropriado para as práticas educativas das diversas licenciaturas.

A Brinquedoteca está localizada no Bloco A6, ocupando uma sala de 72 m2. Conta com aparelhos de TV, vídeo, micro system, microcomputador, máquina fotográfica, mesas infantis, lousas, fantoches, cerca de 100 brinquedos diferentes, fantasias, CDs, fitas de vídeo e coleções de clássicos infantis.

ESTÁGIO SUPERVISIONADO

O estágio supervisionado, conforme regulamento próprio, (anexo I) será realizado nas salas de Educação Infantil (terceiro período letivo), nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental (quarto período letivo) e em atividades que envolvam a gestão educacional (quinto período).

No estágio curricular, o aluno deverá exercitar a habilidade de relacionar teoria e prática; observar e compreender a realidade da sala de aula e da organização escolar e/ou outros contextos educacionais no seu todo, desenvolvendo assim sua capacidade investigativa; definir questões/problemas relevantes que serão objeto específico, enquanto foco do estágio a ser realizado; elaborar proposta de ação exeqüível frente à realidade vivenciada no estágio com vistas à sua atuação profissional.

Assim, o estágio será desenvolvido a partir das seguintes atividades:

Definição do campo de estágio;
Observação e análise do contexto mais amplo da instituição ou contexto do estágio;
Escolha de uma questão específica e análise mediante observação, obtenção de informações necessárias para a compreensão da questão/problema;
Elaboração de propostas de ação;
Implementação e avaliação das propostas;
Regência de aulas.
Todo o processo de estágio será desenvolvido em articulação com os profissionais das diferentes instituições/contextos onde este deverá ocorrer. O estágio deverá atender às necessidades de formação do Pedagogo, bem como às necessidades dessas instituições/contextos.
Nesse sentido, levar-se-á em conta tanto a dimensão técnica quanto ética que envolve esta relação. O estágio poderá, conforme o interesse do aluno, constituir a base de dados para subsidiar a realização do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC).


Regulamento de Estágio Supervisionado

 

ATIVIDADES DO CURSO

Atividades Formativas

As atividades formativas compreendem assistência às aulas, realização de seminários, participação na realização de pesquisas, consultas a bibliotecas e centros de documentação, visitas a instituições educacionais e culturais, atividades práticas de diferente natureza, participação em grupos cooperativos de estudo.


Atividades Teórico-Práticas

Atividades teórico práticas compreendem todas as atividades curriculares (são espécies do gênero formativas), realizadas em horários diversos das “atividades em sala” diretamente orientadas por um docente, realizadas na própria IES, em empresas, outras instituições escolares e não-escolares, públicas e privadas. Tais atividades compreendem a participação de alunos, com a orientação dos professores, em:

  • Seminários e estudos curriculares, projetos de iniciação científica, monitoria e extensão;
  • Atividades práticas, de modo a propiciar vivências, nas mais diferentes áreas do campo de atuação, assegurando aprofundamentos e diversificação de estudos;
  • experiências e utilização de novos recursos para a formação profissional;
  • Estágios curriculares e não curriculares, e práticas realizadas em diferentes instituições de ensino ou empresas;
  • Elaboração de trabalhos científicos; participação de grupos de estudos, entre outras atividades de efetivo trabalho acadêmico;
  • Participação em eventos culturais, esportivos, científicos e de extensão à comunidade.

 

Regulamento de Atividades Teórico-Práticas / Complementares de Aprofundamento do Curso

Você também pode!

Possibilita que o aluno financie seu curso SEM JUROS! Pagando metade do valor das mensalidades enquanto estuda, e a outra metade depois que se formar.

Programa do MEC destinado a financiar a graduação no Ensino Superior de estudantes que não têm condições de arcar com os custos de sua formação, regularmente matriculados em instituições particulares cadastradas no Programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. *Exceto Curso de Odontologia.

Tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais, a estudantes de cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. *Exceto Curso de Odontologia.

Programa do Governo do Estado de São Paulo, que concede bolsa integral a alunos matriculados nas IES em troca de trabalho nas escolas estaduais aos finais de semana. *Exceto Curso de Odontologia.

O programa visa a apoiar os alunos que apresentam carência sócio-econômica e disponibilidade para prestar serviços em diversos setores da instituição. O aluno recebe uma bolsa estudo/estágio na UNICEP, sem prejuízo de suas atividades acadêmicas. O termo de compromisso é válido por seis meses, podendo ser renovado de acordo com a indicação e/ou solicitação do setor assistido. *Exceto Curso de Odontologia.

Desconto concedido a alunos com um ou mais irmãos ou parentes de 1º Grau ou cônjuges, matriculados na Instituição, desde que o pagamento da mensalidade seja efetuado até a data do vencimento. *Exceto Curso de Odontologia.

Seleção por meio de prova elaborada por professor da área. O aluno com o melhor aproveitamento na prova é selecionado para dar monitoria na disciplina, cumprindo uma carga horária de 10 horas semanais. (Exigência: o aluno deve ter cursado e sido aprovado na disciplina). *Exceto Curso de Odontologia.

A UNICEP mantém convênio com várias empresas e órgãos públicos da região com intuito de beneficiar os colaboradores e funcionários de tais instituições concedendo descontos nas mensalidades. Consulte-nos para saber se a empresa ou órgão público em que trabalha possui convênio conosco e aproveite esta oportunidade. *Exceto Curso de Odontologia.

TRANSFERÊNCIA: Você que está estudando em outra instituição de ensino superior e está em dia com suas mensalidades, tem a possibilidade de transferir seu curso para UNICEP pagando o mesmo valor que está pagando na outra IES ou obter desconto de até 30% nas mensalidades. (sujeito à análise de vagas, documentação acadêmica e comprovação do valor da mensalidade). *Exceto Curso de Odontologia.

A UNICEP concede bolsas parciais de 50% de desconto para alunos graduados em universidades públicas e para egressos da própria UNICEP e, de 30% para egressos de outras instituições de ensino superior privadas, que desejarem cursar sua 2ª graduação conosco. (Válidos para ingressantes em 2017). *Exceto Curso de Odontologia.

Será concedido automaticamente desconto nas mensalidades até o final do curso para os alunos que se matricularem em cursos superiores relacionados pela UNICEP no início de cada ano, de acordo com demandas específicas. Caso tenha interesse, entre em contato conosco e obtenha a relação dos cursos e descontos previstos. *Exceto Curso de Odontologia.

A UNICEP concede desconto de até 40% para alunos que participam de competições esportivas, de âmbito nacional, profissionalmente (Federados - mediante comprovação). *Exceto Curso de Odontologia.

 

SETOR DE RELACIONAMENTO DISCENTE

 

Esgotadas todas as possibilidades citadas acima, o SETOR DE RELACIONAMENTO DISCENTE, após receber as solicitações de desconto, considerando a carência econômica e o desempenho acadêmico do aluno realiza uma análise e apresenta parecer para a Mantenedora, que poderá conceder descontos no valor da mensalidade de até 30%. Semestralmente a UNICEP fixará edital com a quantidade de bolsas parciais a serem concedidas, de acordo com os cursos e turmas em andamento, bem como cronograma estabelecido para o processo de concessão.
Para renovação do benefício o aluno não poderá ter qualquer dependência acadêmica.

OBS.: Os benefícios não são cumulativos. Preponderará o maior desconto.

Para maiores informações:

Setor de Relacionamento Discente
Telefone: (16) 3362-2111 ramal 2118
Secretaria