O CURSO



Segundo o Parecer CNE/CES nº 1.362/2001 do Conselho Nacional de Educação o próprio conceito de qualificação profissional vem se alterando, com a presença cada vez maior de componentes associadas às capacidades de coordenar informações, interagir com pessoas, interpretar de maneira dinâmica a realidade. O novo engenheiro deve ser capaz de propor soluções que sejam não apenas tecnicamente corretas, ele deve ter a ambição de considerar os problemas em sua totalidade, em sua inserção numa cadeia de causas e efeitos de múltiplas dimensões.

Nas Diretrizes Curriculares, o antigo conceito de currículo, entendido como grade curricular que formaliza a estrutura de um curso de graduação, é substituído por um conceito bem mais amplo, que pode ser traduzido pelo conjunto de experiências de aprendizado que o estudante incorpora durante o processo participativo de desenvolver um programa de estudos coerentemente integrado.

Nesta nova definição, o Currículo vai muito além das atividades convencionais de sala de aula e deve considerar atividades complementares, tais como iniciação científica e tecnológica, programas acadêmicos amplos, programas de extensão universitária, visitas técnicas, eventos científicos, além de atividades culturais, políticas e sociais, dentre outras, desenvolvidas pelos alunos durante o curso de graduação. Essas atividades complementares, previstas visam ampliar os horizontes de uma formação profissional, proporcionando uma formação sociocultural mais abrangente.

Neste sentido, os egressos do curso de Engenharia Civil UNICEP Rio Claro deverão ter uma sólida formação técnica científica e profissional geral que o capacite a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais.

Para tanto, o Engenheiro Civil formado pela UNICEP, terá uma ampla formação nas áreas básicas de Matemática, Química e Física, bem como uma abrangência nas áreas de Estruturas, Construção civil, Hidráulica e Saneamento, Transportes e Geologia, em conformidade com as Diretrizes Curriculares estabelecidas na Resolução CNE/CES 11, de 11 de março de 2002.

Ao final do curso, além da sólida formação tecnológica, natural do curso de engenharia civil, o aluno formado pela UNICEP terá vivenciado uma rica integração com o curso de Arquitetura e Urbanismo, já em andamento nesta IES.

O Art. 8º, § 2º, da Resolução nº 1.010/05 do CREA estabelece especificamente que: “A atribuição inicial de título profissional, atividades e competências decorrerá, rigorosamente, da análise do perfil profissional do diplomado, de seu currículo integralizado e do projeto pedagógico do curso regular, em consonância com as respectivas diretrizes curriculares nacionais”. Assim, o curso está voltado para a formação de um cidadão dotado de atitudes críticas, capacidade de avaliação, de julgamento, iniciativa e instrumentalizado nas diferentes áreas da Engenharia Civil, de forma que adquira as atribuições necessárias junto ao CREA para atuar no mercado de Rio Claro e região. Além disso, o egresso estará apto para complementar sua formação caso tenha interesse em atuar em mercados com outras necessidades. O CREA prevê a complementação de formação, permitido a aquisição de novas atribuições pelo engenheiro formado, por meio de cursos de pós-graduação latu sensu.