CURSOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA


Oficina de Pães Saudáveis



Objetivos

Promover a conscientização para a alimentação saudável e prevenção de doenças por meio da vivência prazerosa da Oficina de Pães Saudáveis despertando estímulo do resgate do ato de “cozinhar” compartilhando histórias e sabores.


Justificativa

O pão é o alimento presente nos lares como alimento essencial da humanidade mas nos dias de hoje tem gerado polêmica em virtude de seus ingredientes como o glutén.Não muito diferente que a história revela os pães surgiram há mais de 12 mil na Mesopotâmia juntamente com o cultivo do trigo. Os primeiros pães eram achatados, duros, secos e muitos amargos. Para ser ingerido, o pão era lavado várias vezes em água fervente e depois era assado sobre pedras ou embaixo de cinzas. O primeiro pão assado em forno de barro foi a 7000 a.C. no Egito, que mais tarde descobriram o fermento. O pão chegou à Europa em 250 a.C. sendo preparado em padarias, mas com a queda do império romano, as padarias fecharam e o pão teve que ser feito em casa. Somente a partir do século XII a França começou a melhorar e então no século XVII o país se destacou como centro mundial de fabricação de pães. No Brasil, o pão começou a ser popular no século XIX, apesar de ser conhecido desde os colonizadores. Os pães feitos no Brasil eram escuros enquanto na França o pão era de miolo branco e casca dourada. O pão francês que tanto é usado no Brasil não tem muito a ver com os verdadeiros pães francês, pois a receita do pão francês no Brasil só surgiu no início do século XX e difere do pão europeu por conter um pouco de açúcar e gordura na massa. Em tempos de avanço do panorama de excesso de peso com as doenças advindas o interesse pelos pães saudáveis passou a ser uma nova estratégia de consumi-los sem correr o risco de desenvolver problemas médicos e garantir a ingestão de micronutrientes importantes para o metabolismo do organismo garantindo saúde com qualidade de vida. Desta forma, pretende-se com as oficinas demonstrar alternativas saudáveis para os pães utilizando-se se ingredientes mais nutritivos como as farinhas – integral, chia, sorgo, linhaça, gergelim entre outros.



Público Alvo

Público interessado em gastronomia funcional de um modo geral.Idade mínima: 14 anos.


Conteúdo Programático

A Oficina será composta por 6 equipes de 5 pessoas cada. Cada equipe desenvolverá preparações culinárias funcionais sob a supervisão e orientação da professora responsável e alunas ajudantes.

Durante a Oficina serão confeccionados pães saudáveis.
A todos os participantes será entregue apostila constando as receitas culinárias executadas, bem como as propriedades dos alimentos utilizados e um certificado de participação.

Professor Responsável

MSc. Valéria Aparecida Ferratone



Datas das Aulas

26 de agosto de 2017 das 08 às 12h.


Vagas e Matrículas

30 vagas. Matrículas a partir de 10 de Agosto até se esgotarem as vagas.


Investimento

R$ 25 por pessoa.


Informações Gerais

Fátima (fixo): (19)3534-3473




« VOLTAR