Estudantes da Manutenção de Aeronaves passam em exame da ANAC

Dois alunos ainda cursando o sexto período do curso de Manutenção de Aeronaves da UNICEP passaram no exame da Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) de 2019.

Para se tornar um mecânico de manutenção aeronáutica, é necessário concluir, com aproveitamento, um curso homologado pela ANAC, dentro de uma das habilitações previstas (GMP- Grupo motopropulsor, CEL- célula ou AVI- Aviônicos), em uma entidade (escola) também homologada pela ANAC e ter aprovação em exame teórico da ANAC nos grupos pretendidos.

Para o estudante Rodolfo Silveira Almeida Bertin, o curso da UNICEP o ajudou muito na teoria com trabalhos e provas. “A prática que tivemos durante o curso também foi fundamental, pois acredito que, com o contato, o aluno aprende mais”, disse Bertin reforçando que ainda não está trabalhando na área, mas, agora, com a aprovação concedida pela ANAC, tem o objetivo de fazer parte do mundo da manutenção de aeronaves. “Acredito que as carteiras aumentam as chances de contrato. Elas não definem a experiência da pessoa, mas abrem um leque de oportunidades”, disse.

Outro aprovado, o estudante Fagner de Melo Silva, explicou que mesmo sem concluir o curso ainda, os alunos já ficam aptos para prestarem a banca para célula no quarto período do curso, e após o quinto, para GMP e, concluindo o curso, para aviônicos. “Até então, fui aprovado nas duas bancas da ANAC que prestei e, para ser aprovado, é necessário um planejamento prévio, devemos ir além do conhecimento adquirido em sala de aula, e foi necessário focar nas matérias específicas para a prova e estudar com o máximo de antecedência possível. “Além de ser necessário a conclusão de um curso homologado pela ANAC, os professores são conhecedores dos assuntos discutidos em sala, além da maioria trabalhar na área da aviação e terem prestado banca também, o que facilita o direcionamento para estarmos preparados para o mercado de trabalho e sermos aprovados nas bancas da ANAC”, falou Silva que, agora, com a grande concorrência no mercado de trabalho, essas carteiras o colocarão a alguns passos frente dos demais. “Sem falar nas possibilidades de carreira, visto que cada carteira nos direciona para uma área específica na aviação, ou seja, quanto mais carteiras conseguirmos maiores serão as chances de conseguir uma vaga no mercado de trabalho. Agora é manter o foco, com a certeza que nossos objetivos serão alcançados”, finalizou.

Texto: Andrea Vergamini de Castro
 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Compartilhe