Comissão Técnica do Vôlei feminino participou de simpósio da Educação Física

De 05 a 07 de novembro a UNICEP realizou o 10º simpósio de Educação Física da UNICEP. O evento reuniu grandes nomes do esporte como: Professor Dr. José Elias de Proença, Preparador Físico da Seleção Feminina de Voleibol, Wagner Luiz Coppini Fernandes (Wagão) Assistente Técnico da Seleção Feminina de Voleibol e José Roberto Guimarães, Técnico da Seleção Brasileira de Voleibol Feminino que participaram da primeira live sobre “Treinamento do voleibol: abordagem físico-técnico”.

“Me senti homenageado pelo Prof. Edison Miron que fez o contato comigo, através da indicação do Zé Roberto, para participar do evento. Todo evento para mim é formador e bastante importante se eu puder contribuir. Agradeço o convite, pois se fui convidado é porque sou homenageado, então agradeço de coração.”, afirmou José Elias.

“Considero que, embora sejam estudantes de educação física, o profissional de educação física, tem algumas possibilidades de se melhorar profissionalmente. Uma delas é fazendo cursos, mas o principal é participando de eventos com profissionais da área. Eu considero que o simpósio de Educação Física propicia contato com diferentes profissionais, o que é muito útil tanto para o profissional, como para o estudante do curso.”, contou o preparador físico.

E explicou: “O objetivo era estar junto com o técnico, e eu estive junto com o Wagão, e depois com o Zé Roberto, para explicar que o trabalho, principalmente em um esporte de rendimento, no nosso caso o vôlei, é feito com todos os participantes da comissão técnica. Citamos a importância de cada profissional e esse é o objetivo quando a gente lida com atleta de alto nível, quando ele é o foco e todas as pessoas devem ter uma comunicação muito estreita, no sentido de que o atleta seja atendido. No voleibol, todos os profissionais que constituem comissão técnica, departamento médico, departamento fisioterápico, assistência psicológica, assistência nutricional, todas essas pessoas, têm uma comunicação aberta, no sentido de que o atleta seja atendido. Eu considero que o objetivo da palestra foi atingido principalmente pela maneira que as perguntas foram formuladas.”.

Já Wagão completou: “Foi uma ótima oportunidade para que os estudantes conheçam e entendam como funcionam as comissões técnicas e equipes no voleibol de alto nível. A importância do planejamento e comunicação dos componentes das diversas áreas que firmam as comissões técnicas (CTs). Além da atenção com os estudos e a constante atualização dos conhecimentos pelos profissionais da equipe multidisciplinar que compõem as CTs.”.

Ele também acha que o objetivo da palestra foi atingido: “Acredito que sim, muito legal poder passar um pouco do nosso ‘dia a dia’, para os acadêmicos. Fiquei muito feliz e honrado pelo convite. É uma importante oportunidade de comunicação com os estudantes.”. 

Nos outros dias os estudantes participaram da live “Será que o uso e o tipo de máscara prejudicam as respostas fisiológicas ao exercício físico?”, com Guilherme Borges Pereira, doutorado em Ciências Fisiológicas pelo PIPGCF UFSCar/Unesp e da live “Interfaces entre a Dança e a Educação Física”, com Profa. MS. Telma Cristiane Gaspari, Licenciada em Educação Física e Motricidade Humana e Mestre em Ciências da Motricidade.

Para assistir todas as lives clique aqui! 

Texto: Ana Lívia Schiavone
 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Compartilhe