A violência contra a mulher foi o tema da disciplina de PIME na UNICEP

Os estudantes da UNICEP que cursaram o primeiro período em 2022, se matricularam em uma disciplina chamada PIME – Programa Integrado Multidisciplinar Extensionista, que permite que o aluno coloque em prática o conteúdo aprendido, privilegiando ainda a sociedade. Durante esse semestre a temática debatida foi a violência contra a mulher.

Na realidade, os alunos apresentam um projeto que traga “benefícios” a sociedade. Pensando nisso os estudantes de Psicologia da UNICEP, do PIME I, ministrado pela docente Rosana Maria Alves Mangili, discutiu algumas temáticas durante o semestre, dando total enfoque para as mulheres vítimas de violência e a Lei Maria da Penha – Lei nº 11.340/2006, criada em agosto de 2006.

A estudante Maria Eduarda Rodrigues da Cunha, do primeiro período disse: “Nós nos separamos em grupos, cada grupo tinha o intuito de indagar mulheres em diferentes situações sobre a Lei Maria Da Penha, seus conhecimentos, vivências, e o mais importante, informar as mulheres que a violência é bem mais que física ou psicológica. O assunto foi abordado em escola, casa noturna, roda de amigas, entre outros lugares. Meu grupo decidiu ir até a rodoviária de São Carlos, lá nós nos deparamos com muitas mulheres em situação de vulnerabilidade. Explicamos o nosso intuito, conversamos, explicamos sobre a Lei, e deixamos a vítima livre para contar o que quisesse, da maneira que se sentisse mais confortável.”.

Já o estudante Matheus Vinicius Finhana, do primeiro período também, afirmou que: “Foi muito proveitoso essa matéria para refletirmos sobre essa violência que infelizmente é muito comum nos dias que vivemos. Que além da agressão física há outras maneiras de agredir uma mulher.”.

E completou: “Como futuro psicólogo acredito que essa matéria foi de suma importância para nos prepararmos para lidar com esse assunto que infelizmente é muito mais corriqueiro do que imaginamos. Para olharmos com empatia e sem julgamentos e acolher nossos pacientes com sabedoria.”.

E Maria Eduarda completou: “Esse tema foi realmente muito importante, pois pude presenciar realidades diferentes, ensinar, aprender a ter empatia e o melhor, expandir informações. Muito feliz com esse trabalho proposto pela Professora Rosana. Todas nós mulheres precisamos de suporte, não tenham medo, denunciem.”.

Conheça o curso de Psicologia da UNICEP, clique aqui!

Texto: Ana Lívia Schiavone
 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Compartilhe