A 14ª edição do simpósio “O sol nasceu para todos” foi um sucesso!

A última live do simpósio “O sol nasceu para todos: uma abordagem multidisciplinar sobre as pessoas com deficiência e a sociedade", aconteceu no sábado, dia 28, com a live “Treinamento esportivo e alto rendimento: peculiaridades, consequências e possibilidades mediante a pandemia do Covid-19", com os palestrantes: Prof. Dr. Edison Martins Miron, a paratleta Aline dos Santos Rocha e o paratleta Fernando Cássio Orso Alves.

Em 2020 o evento aconteceu de forma remota com quatro lives, sempre na última semana dos meses de agosto a novembro, que reuniram diversos especialistas para falarem sobre o tema.

De acordo com o idealizador do evento, o docente da UNICEP, Prof. Hilário Domingues Neto, Sociólogo e Economista (História Econômica), já no final de 2019 “estávamos com as primeiras tratativas da organização da 14ª edição do evento para o ano de 2020. Sem qualquer restrição à que nos foi imposta com a pandemia do Covid-19 em 2020, ao iniciar o ano de 2020 já tínhamos as datas previstas para o final do mês de maio”.

Ele explicou ainda que antes da eclosão da pandemia foram eleitos alguns temas e tiveram início os contatos com possíveis palestrantes para apresentações presenciais, realizadas sempre na UNICEP e para atividades paradesportivas na sede do São Carlos Clube, parceiro anual desde a primeira edição deste evento.

“Diante das restrições impostas para se fazer frente ao avanço do Covid-19, o necessário distanciamento e cuidados relacionados ao isolamento das camadas mais vulneráveis da população ao contágio e possíveis consequências, resolvemos trazer à discussão temas que pudessem contribuir para a orientação e esclarecimento aos participantes sobre diferentes situações que a cada dia se apresentavam, diante de um vírus cujas características eram desconhecidas pela ciência, para que fosse possível o seu imediato controle.”, disse e continuou: “Com uma Comissão Organizadora muito proativa não foi difícil nos lançarmos à tarefa. Os temas com especialistas de cada área foram bastante interessantes e conectados com as questões que mais afetavam e ainda afetam nossa sociedade, que vive na expectativa de uma vacina que dê conta da situação.”.

Os temas foram divididos em quatro vertentes, na área da medicina questões relacionadas ao atendimento virtual pelos profissionais das mais diferentes áreas trouxe à luz a questão da atenção não presencial ao paciente pelo profissional de saúde. 

Na área da psicologia a discussão esclarecedora dos impactos que essa situação pandêmica vem provocando em todas as pessoas indistintamente e de como fazer frente às mais diferentes situações. Nos profissionais de saúde em contato direto com pacientes em tratamento de contágio pelo vírus, nas pessoas em situação de risco, idosos, pessoas com certas comorbidades, gestantes, pessoas com deficiência e nas demais camadas da população.

Na área da nutrição o tema segurança alimentar e nutricional para pessoas com deficiência durante a pandemia preencheu uma importante lacuna no debate de relevantes questões, que foram desde as condições de abastecimento diante das restrições de funcionamento e acesso aos mercados, e de uma orientação segura em como realizar no momento uma alimentação saudável para fazer frente às necessidades de uma melhora na resistência imunológica.

Outro tema que com denotada importância encerrou o ciclo de debates foi o de como os atletas ligados às atividades paradesportivas estão dando conta de suas ações relacionadas à preparação para as competições e de como a situação pandêmica está influenciando no desenvolvimento esportivo de alto rendimento. 

“Como sempre prestigiamos a cultura em nossos eventos, a arte surgiu também na forma virtual para materializar a superação de três excelentes artistas. Daniela Caburro, Luciene Gomes e Inácio Vandier. Daniela com suas belas obras, suas telas pintadas com a boca, Luciene Gomes com suas pinturas digitais de belo colorido e Inácio com suas esculturas em argila de temas retratando o cotidiano.”, afirmou o docente.

O docente finalizou: “Passado o evento fica para mim uma impressão altamente positiva de seus resultados. Fica o sentimento de superação de obstáculos que foram transpostos. Sim, obstáculos que não inibiram um grupo de pessoas de se lançarem a uma necessária tarefa focada no bem estar social. Direção UNICEP, professores, funcionários, alunos, todos indistintamente que nos honraram com a presença em nossa sala virtual e aqueles que se ombrearam a nós de forma filantrópica para trazer seus conhecimentos na exposição de importantes questões. As iniciativas que tivemos na elaboração virtual de nosso simpósio deixa uma experiência que certamente irá complementar nossas próximas edições presenciais com atividades ‘online’, de uma forma híbrida e que possibilitará trazer ao debate especialistas das mais diversas partes do país. Esse será o modelo do futuro!”

E ainda agradeceu: “Nossos agradecimentos à equipe da UNICEP que tão bem conduz a divulgação de nosso evento, desde toda a arte de divulgação e da imprensa que leva a informação para fora dos limites de nossa instituição”.

Para assistir todas lives clique aqui!

Texto: Ana Lívia Schiavone
 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Compartilhe