Paratleta apoiada pela UNICEP fala de suas conquistas em 2019

A paratleta de ciclismo Samirian Viviani Grimberg é estudante do curso de Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda da UNICEP e, graças ao apoio da instituição, obteve conquistas durante 2019.
Segundo ela, logo em abril, começou a sua temporada de competições com a Copa Brasil, realizada em Brasília, e seguiu em busca do bicampeonato no circuito pan-americano, que aconteceu em junho, na cidade de Diadema. “Fizemos uma campanha junto com a UNICEP em mídias sociais e fomos agraciados com a convocação dos jogos Parapan, que aconteceu na cidade de Lima, no Peru, entre os dias 21 de agosto e 1 de setembro”, disse a paratleta afirmando que lá, foi uma grande experiência, pois obteve resultados satisfatórios, entretanto, não trouxe medalha por conta do quantitativo de atletas paraciclistas em sua categoria.

“Voltamos objetivando o tricampeonato brasileiro de estrada que aconteceu em São Carlos, entre os dias 30 de novembro e 1° de dezembro e, isso foi muito significativo, pois foi a conquista do tricampeonato junto com a equipe memorial, que é uma equipe muito tradicional no Brasil que abraça tanto o paraciclismo quanto o ciclismo com grandes representantes pelo Brasil, em especial o Lauro Chaman, de Araraquara, campeão e medalhista olímpico”, falou.

Sobre o futuro, Samirian disse que terá muito trabalho e seu foco está na convocação para os jogos paraolímpicos em Tóquio, cuja previsão é julho de 2020. “Ainda não há nenhuma comprovação da minha convocação, porque temos toda a temporada de 2020 para ser realizada, que começará em fevereiro, na cidade de Indaiatuba, e depois, seguindo mês a mês, em março teremos o campeonato treck, que é de pista e de estrada, em Maringá. Provavelmente, também, o brasileiro em 2020 que será realizado e as convocações que seguirão até julho em uma etapa na Bélgica”, explicou a paratleta.

E não para por aí, Samirian afirmou que o seu maior objetivo é conquistar resultados expressivos dentro do país nas etapas que acontecerão até o dia da convocação final. “Como venho trabalhando nesses dois ciclos paraolímpicos, existe a perspectiva de um grande trabalho e de muita entrega em relação aos treinamentos e nos resultados que esperamos alcançar junto com a equipe nas competições. Tem sido muito gratificante para mim ser aluna da UNICEP e ter boas notas, que isso também faz parte do meu objetivo de vida, já que estou realmente apaixonada pelo curso de Publicidade e Propaganda, porque tenho certeza de que, quando formada, isso tudo vai ser direcionado à um grande projeto voltado para pessoas com deficiências físicas relacionadas ao esporte de alto rendimento esportivo e amador, que, no momento certo, será divulgado e apresentado para a comunidade de São Carlos, região e Brasil”, finalizou a paratleta pedindo a torcida de toda a UNICEP.

 

Texto: Andrea Vergamini de Castro

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Compartilhe