Brinquedoteca é reformulada para o curso de Pedagogia


A Brinquedoteca da UNICEP é o laboratório do curso de Licenciatura em Pedagogia, cujo espaço é de suma importância para os estudantes, porque é nele que o conhecimento a ser adquirido tem a possibilidade de ser experimentado e trabalhado em suas significações. Neste semestre, a Brinquedoteca recebeu reformulações. 

Para Maria Cristina Braga Tagliavini, coordenadora do curso de Pedagogia EAD e Diretora de Graduação, o principal laboratório de ensino do curso de Pedagogia é a Brinquedoteca, um espaço criado em 2003, com o objetivo de estimular o ensino, a pesquisa e a extensão nas áreas da infância e do brincar. “Como principal laboratório de ensino e de aprendizagem é o espaço em que o acadêmico, ao ter domínio de conceitos do processo do brincar para aprender, pode compreender que a prática pedagógica não é neutra o que possibilita justificar o uso do brincar no contexto escolar. As novas Diretrizes Curriculares Nacionais e Base Nacional Comum para a Formação Inicial e Continuada de Professores da Educação Básica preconizam, que a prática pedagógica seja cada vez mais desenvolvida nos cursos e a nossa brinquedoteca, que foi remodelada, reúne materiais necessários para isso. ”, explicou.

De acordo com a coordenadora do curso de Pedagogia Presencial, Ana Claudia Figueiredo Rebolho, não se despreza o conhecimento já adquirido pelo aluno ao longo de sua vida e é, na Brinquedoteca, que seu aprendizado tem a possibilidade de ser resignificado, permitindo o desenvolvimento integral do educando. “O lúdico é essencial para o desenvolvimento integral das crianças e estamos em uma era em que a tecnologia está roubando o espaço do brincar e o aluno do curso de Licenciatura em Pedagogia precisa estar atento às essas mudanças e despertar nas crianças o interesse pelas brincadeiras e brinquedos. Há a necessidade do resgate do ato de brincar e, para tanto, a Brinquedoteca exerce um papel fundamental, pois é nela que a espontaneidade e a liberdade de expressão têm espaço garantido”, falou a docente.

Dessa maneira, a Brinquedoteca é destinada à formação e construção da cultura lúdica. “O aluno do curso de Pedagogia necessita deste espaço para o seu aprendizado lúdico e, posteriormente, transmiti-lo aos seus alunos de uma maneira objetiva e efetiva e não apenas como um local para distrair crianças”, reforçou Ana Cláudia.

Para a docente da disciplina da Brinquedoteca, Michele Varoto, na Pedagogia EAD a Brinquedoteca é utilizada no início da disciplina, em que é agendado um dia para que os alunos possam conhecer o espaço. “Assim, é possibilitada uma aula presencial introdutória da disciplina, destacando a importância, características, formas de organização e utilização dessa. No decorrer os alunos têm uma atividade em que devem fazer uma pesquisa de campo sobre a Brinquedoteca, dessa forma, eles visitam uma de suas escolas e apresentam aos demais colegas, explanando esses espaços e destacando pontos positivos e negativos encontrados nesse. Essa apresentação também é feita em nossa Brinquedoteca, em que aproveitamos esse momento para conversar e explorar mais esse ambiente”.

E em seguida, segundo ela, os alunos já realizam a pesquisa indicada para elaborarem um Plano de Aula, de modo a contemplar o caso de ensino proposto, o qual refere-se a outra atividade que faz parte também da disciplina. Tal atividade é realizada em grupos, e os alunos finalizam e postam no Ambiente Virtual.

E completou: “E, por fim, utilizamos esse espaço no dia de nossa Avaliação Presencial, no final da disciplina, em que os alunos realizam essa atividade dentro de nossa Brinquedoteca. A avaliação é toda preparada e direcionada para que os alunos exponham seus conhecimentos a respeito desse espaço e sua importância, bem como explorem suas possibilidades tanto para o desenvolvimento humano (crianças, jovens e adultos) como para sua formação enquanto pedagogos”.


O que tem na brinquedoteca? 

Hoje, a Brinquedoteca da UNICEP é composta por uma diversidade de brinquedos infantis, como bonecas; ursos de pelúcia; carrinhos; caminhões; motos; tratores; objetos de mini - mercado e cozinha; blocos de encaixe; brinquedos de madeira, como: boca do palhaço, jogos de argolas, formas geométricas. 

Também comporta o “cantinho para Histórias”, com fantasias; fantoches e dedoches variados; “armação” para realização de teatros.

Tem também uma grande diversidade de jogos de tabuleiro, percurso, de cartas, quebra-cabeças (com número variado de peças, de 4 até 200 peças) e até mesmo jogos de experimentos. “Contamos com mesas para realização das atividades; um cantinho para leitura de histórias, pois temos algumas literaturas infantis disponíveis. Há vários materiais de pintura, como: giz de cera, hidrocor (canetinhas), guache, lápis de cor, cola, tesoura, papéis coloridos, sulfite, entre outros para que os alunos (e crianças que frequentarem nosso espaço) possam ‘esbanjar’ criatividade”, disse Michele reforçando que o espaço é amplo, muito bem equipado e repleto de possibilidades para a atuação pedagógica e, mais ainda, que demonstram a importância do brincar para o desenvolvimento humano.

Sendo assim, a utilização do espaço da Brinquedoteca, bem como sua compreensão, permite que os estudantes do curso notem o quanto esse é um local rico para o desenvolvimento humano, o qual traz à tona o brincar, exercendo um papel fundamental no desenvolvimento e aprendizagem do sujeito. “Além disso, o brincar, como qualquer outra atividade, deve ser observado, estimulado e proporcionado de tal forma que os professores possam auxiliar, ampliar, encantar, e potencializar os processos de desenvolvimento e aprendizagens ”, finalizou.

Para a docente Renata Pierini Ramos, responsável pela disciplina no curso presencial, na Brinquedoteca, além dos brinquedos adquiridos pela instituição, os alunos levam os materiais que utilizarão durante a aula prática e que, algumas vezes, deixam para a instituição como doação. “No curso presencial a brinquedoteca enriquece a apresentação de seminários. As atividades são propostas a fim de que o trabalho oral apresentado em sala seja justificado e enriquecido na brinquedoteca com atividades práticas realizadas com crianças em idade compatível com a educação infantil e ensino fundamental. ”, e afirmou: “Certamente atividades práticas possibilitam que os alunos tenham experiências reais antes mesmo de estarem formados”. 

Texto: Andrea Vergamini de Castro
 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Compartilhe