Engenharia de Computação

O CURSO

Ato Renovação do Reconhecimento: Portaria nº148 de 15/fevereiro/2007 - D.O.U. nº34 de 16/fevereiro/2007

Diurno: mínimo 09 semestres (04 anos e seis meses) e máximo 18 semestres (9 anos)
Noturno: mínimo 10 semestres (05 anos) e máximo 20 semestres (10 anos)

CPC: 2.327 (faixa 3) (2011)
IGC: 3.04 (faixa 4) (2011)


DADOS GERAIS

Engenharia de computação é uma das áreas das ciências exatas e tecnológicas que se dedica a estudar, desenvolver e implementar aplicações de hardware e software de computadores. Esta área é constituída de subáreas, tais como:

  • Programação de Computadores,
  • Engenharia de Software,
  • Software de Sistemas,
  • Eletrotécnica e Eletrônica,
  • Organização de Computadores,
  • Controle e Automação,
  • Processamento Digital de Imagens.

 

O curso de engenharia de computação do Unicep foi proposto para formar profissionais com competências para cursar pós-graduação, trabalhar em empresas e indústrias de alta tecnologia em geral, tanto do setor publico quanto do setor privado.

Por essa razão, este curso possui um núcleo consistente de disciplinas que estabelecem fundamentos aos estudantes que terão, ao se formar, condições para o entendimento das descobertas e inovações que ocorrem nas fronteiras do conhecimento.

 

OBJETIVOS

O curso de engenharia de computação tem como objetivo geral a formação de profissionais com uma formação básica consistente e amplo espectro de atuação, com atenção constante sobre o estado da arte das diversas áreas da engenharia de computação.

O curso de engenharia de computação do Unicep foi proposto com o objetivo de atender a uma demanda crescente por profissionais especializados a fim de suprir as necessidades específicas das indústrias e empresas da cidade de São Carlos e região.

 

COORDENAÇÃO

Prof. Dr. Luís Carlos Trevelin

E-mail: trevelin11@gmail.com
Fone: 16 3362-2111

ENTRE EM CONTATO COM A COORDENAÇÃO E TIRE SUAS DÚVIDAS.

 

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

O curso de engenharia de computação do Unicep compreende conteúdos e atividades que constituem base consistente para a formação de um profissional capaz de atender ao perfil descrito acima. Assim sendo, tem como objetivo desenvolver, nos seus alunos, as seguintes habilidades e competências:

  • Dominar conhecimentos em Matemática, Física, Eletrônica, Computação e Automação para aplicá-los na solução de problemas em engenharia.
  • Avaliar a viabilidade econômica, bem como o impacto social e ambiental de projetos na área de engenharia.
  • Capacidade de utilizar conhecimentos em ciências exatas e nas modernas tecnologias de informação no apoio à construção de soluções, produtos e serviços seguros, confiáveis e de relevância à sociedade.
  • Capacidade de atuar em equipes multidisciplinares, com espírito de cooperação, cordialidade e liderança.
  • Capacidade de entender e interagir com o ambiente em que os produtos e serviços por ele projetados ou construídos irão operar.
  • Disposição em aceitar a responsabilidade pela correção, precisão, confiabilidade, qualidade e segurança de seus projetos e implementações.
  • Competência para identificar, modelar e resolver problemas em engenharia, em especial, dentro de sua área específica de atuação.
  • Visão global dos processos, com capacidade de projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados.
  • Expressar-se escrita e oralmente com clareza e precisão.
  • Assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.
  • Preservar, difundir e desenvolver valores éticos ao futuro engenheiro.

 

PERFIL PROFISSIONAL DOS EGRESSOS

O perfil do aluno formado em engenharia de computação compreende um conjunto diversificado de competências e habilidades que o tornam um profissional capaz de identificar e resolver problemas na área de engenharia com uma visão ética e humanística.

O engenheiro de computação formado pelo Unicep terá formação nas áreas básicas de Cálculo e Física, além de uma abrangente formação profissional nas áreas profissionalizantes da engenharia de computação que permitirá sua atuação nas áreas de programação de computadores, engenharia de software, software de sistemas (tais como sistemas operacionais, firmware, redes de computadores), projeto de dispositivos eletrônicos digitais e sistemas digitais (hardware), aplicação de técnicas de processamento de imagens, controle e automação.

 

CONTEÚDOS CURRICULARES

Seguindo a Resolução CNE/CES 11, de 11 de março de 2002, o curso de Engenharia de computação do UNICEP tem em seu currículo um núcleo de disciplinas básicas, um núcleo de disciplinas profissionalizantes e um núcleo de disciplinas específicas. O núcleo de disciplinas básicas contém cerca de 30% da carga horária do curso. O restante da carga horária é dividido entre os núcleos profissionalizante, específico, disciplinas das áreas humanistas, Estágio Supervisionado obrigatório e Atividades Complementares (AC).

 

As disciplinas da área humanista compreendem aproximadamente 5% da carga horária do curso. O Estágio Supervisionado é considerado uma disciplina do curso e os estágios extra-curriculares são considerados Atividades Complementares. No curso de Engenharia de Computação, as Atividades Complementares (AC) totalizam aproximadamente 2% da carga horária total da grade curso. Já o Estágio Supervisionado totaliza aproximadamente 5% da carga horária da grade.


Matriz Curricular Vigente

 

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO

O planejamento do currículo do curso de Engenharia de computação do Centro Universitário Central Paulista foi elaborado de forma a atender ao objetivo de capacitar o profissional segundo o perfil e as diretrizes curriculares para os cursos de engenharia. Esse currículo contempla conteúdos voltados para os diferentes campos de atuação profissional de forma a promover o desenvolvimento de conhecimentos e garantir ao futuro engenheiro as competências propostas.

Nos quatro primeiros períodos da estrutura curricular do curso, são ministradas disciplinas de formação básica tais como matemática, cálculo, física e administração. Este período constitui o ciclo básico das engenharias, sendo que o primeiro período contempla disciplinas para melhor adaptação de conceitos matemáticos fundamentais. Após este período, o estudante terá contato com as disciplinas do ciclo profissionalizantes e específicas das diversas áreas do curso.

Dentro da área específica de programação de computadores, o aluno terá formação em lógica e construção de algorítmos, programação estruturada e estruturas de dados. Dentro da área específica de engenharia de software, o formando terá conhecimentos sobre modelagem de sistemas e dados, orientação ao objeto, análise e projeto de desenvolvimento de software, ambientes de desenvolvimento de software, desenvolvimento para o ambiente web e para dispositivos móveis e embarcados. Já na área específica de software de sistemas, o formando terá conhecimento em sistemas operacionais de uso geral, específicos e embarcados, redes de computadores e protocolos de comunicação, sistemas distribuídos, bem como conhecimentos sobre suas aplicações no comércio e na industria. E na área específica de eletrônica e sistemas digitais, o aluno terá sólidos conhecimentos em hardware: lógica e circuitos digitais, arquitetura e organização de computadores, microprocessadores e microcontroladores, programação em linguagem assembly e software de sistemas de controle e embarcados. Complementando a formação ainda dentro da especificidade do curso, o formando terá uma formação sobre a aplicação da teoria de controle e automação em aplicações industriais, dominando diversas tecnologias nas áreas de controle digital, análise de sinais, processamento de imagens, automações, redes industriais e robótica.

 

OUTRAS INFORMAÇÕES

De acordo com o RUF – Ranking Universitário Folha – 2013, o curso de Engenharia de Computação do Unicep foi classificado em 13º lugar entre 143 instituições de ensino superior particulares do estado de São Paulo e em 35º lugar entre 469 instituições de ensino superior particulares de todo o Brasil.

 

INFRAESTRUTURA DO CURSO

  • O curso conta com a seguinte infraestrutura:
  • Salas de aula expositiva
  • Laboratórios de informática
  • Laboratórios de Física
  • Laboratórios de Química
  • Laboratórios das áreas profissionalizantes e específicos

 

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

As atividades complementares são atividades extracurriculares realizadas pelos discentes e possuem um caráter integrador entre a graduação, a pesquisa e a extensão, fazendo com que as ações do curso estejam em sintonia com as funções da universidade, do mercado de trabalho, da sociedade e lhe possibilitem oportunidades para o envolvimento em práticas extracurriculares que venham a apoiar seu crescimento teórico, técnico, humano e social.

As Atividades Complementares - ACs - são obrigatórias e terão que ser cumpridas, no decorrer do curso, como requisito para a colação de grau. Não poderão ser computadas como horas de atividades complementares aquelas destinadas à frequência das disciplinas pertencentes à grade curricular, em sala de aula e laboratórios, como também, aquelas cumpridas como estágios obrigatórios.

A relação de créditos em horas de cada tipo de atividade complementar consta no regulamento de atividades complementares do curso de Engenharia de Computação do Unicep:


Regulamento das Atividades Complementares

 

EVENTOS

Workshop

Anualmente, na penúltima semana de Novembro, o curso de engenharia de computação realiza seu Workshop. Neste evento, os alunos do último ano apresentam, em forma de "posters", seus trabalhos de conclusão de curso.

Este evento é público e é visitado por empresários e pessoas interessadas em tecnologia e inovação. Diversos alunos, autores destes trabalhos, já foram convidados a participar de incubadoras de empresas no ParqTec e CEDIN, e também a trabalhar em empresas que empregam mão de obra altamente qualificada.

 

VÍDEOS


 

ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Diretrizes Gerais

O Estágio Curricular é uma etapa integrante de cursos de graduação em Engenharia, instituída pelas Diretrizes Curriculares de Engenharia, via resolução CNE/CES 11 de 11 de março de 2002.

A carga horária exigida para o cumprimento do Estágio Curricular dos Cursos de Engenharia do UNICEP é de no mínimo cento e sessenta e cinco horas (165 h).

Para a realização do Estágio Curricular Obrigatório, o aluno deverá estar cursando, no mínimo, o 7º período do Curso de Engenharia de Computação.

Para tanto carecerá respeitar as normas constantes no Regulamento Geral do Estágio Curricular Obrigatório dos Cursos de Engenharia (ANEXO I). Assim é importante, antes de iniciar o estágio ler cuidadosamente esse documento. Para isto, clicar no ANEXO abaixo.

 

Antes de iniciar o estágio, o aluno deve ler cuidadosamente este documento. Para isto, clique no nome do documento acima. Procedimento

Para realizar o Estágio Curricular Obrigatório, o aluno deve se enquadrar em um dos casos abaixo.

 

SER ESTAGIÁRIO EM EMPRESA LEGALMENTE CONSTITUÍDA
 

Legislação

O Estágio Curricular Obrigatório realizado por aluno que seja estagiário em uma empresa legalmente constituída deve seguir a lei número 11.788, de 25 de setembro de 2008, bem como outra lei ou medida provisória que passe a alterar ou complementar a mesma.

Ao iniciar o Estágio Curricular Obrigatório, o aluno deve providenciar e entregar na UNICEP a Documentação Preliminar, e, ao término, a Documentação Complementar, descritas nos itens (6.2.2) e (6.2.3) abaixo.

 

Documentação Preliminar

a) Convênio

A empresa onde o aluno irá fazer o Estágio Curricular Obrigatório deverá celebrar (assinar) com a UNICEP, um convênio para realização do estágio. Esse documento deve ser obtido pelo aluno, clicando no nome do documento abaixo, e impresso em 2 vias.Os dados da empresa devem ser preenchidos e o documento assinado pelo representante legal da empresa (em 2 vias). Depois de assinado pela empresa, o aluno deve entregar as duas vias à secretária da Coordenação de Cursos, para que sejam assinadas pela UNICEP.

DOC.1 Convênio para Realização de Estágio Curricular Obrigatório

 

b) Termo de Compromisso

A empresa onde o aluno irá fazer o Estágio Curricular Obrigatório deverá celebrar (assinar) com a UNICEP e com o aluno, um termo de compromisso para realização do estágio.Esse documento deve ser obtido pelo aluno, clicando no nome do documento abaixo, e impresso em 3 vias.

Neste documento, devem ser preenchidos pelo aluno (em 3 vias):

- Os dados do aluno (Primeiro parágrafo).
- Nome do orientador no UNICEP (item 12).

Neste documento, devem ser preenchidos pela empresa (em 3 vias):


- Os dados da empresa (Primeiro parágrafo)
- Duração do estágio - datas de início e término e horário (item 2).
- Área (departamento) da empresa onde será realizado o estágio (item 3).
- Descrição sucinta das atividades do estagiário (item 3).
- Nome do orientador na empresa (item 11).
- Número da apólice e nome da companhia do seguro contra acidentes (item 14).

O documento (3 vias) deve ser datado e assinado pelo representante legal da empresa e pelo aluno. Depois de assinado, o documento (3 vias) deve ser entregue à secretária da Coordenação de Cursos, para que seja assinado pela UNICEP.
 

IMPORTANTE: Este documento está vinculado ao documento (1).

DOC.2 Termo de Compromisso para Estágio Curricular Obrigatório

 

c) Plano das Atividades Estágio

Este documento deve ser obtido pelo aluno, clicando no nome do documento abaixo, e impresso em 3 vias. Neste documento, devem ser preenchidas, além dos dados iniciais, uma descrição detalhada das atividades a serem desenvolvidas pelo estagiário. O documento deve ser datado e assinado pelo orientador na empresa e pelo aluno. Depois de assinado, o documento deve ser entregue à secretária da Coordenação de Cursos, para que seja aprovado pelo orientador na UNICEP.

DOC.3 Plano das Atividades de Estágio

 

Documentação Complementar

a) Relatório de Estágio

Ao final do estágio, elaborar o Relatório de Estágio, cujo formulário pode ser obtido clicando no nome do documento abaixo. Todos os itens devem ser preenchidos. Particular atenção deve ser dada ao item VII, em que deve ser feita uma descrição detalhada das atividades desenvolvidas durante o estágio. Essa descrição pode ser feita em um documento separado e anexado a este documento.

DOC.4 Relatório de Estágio

 

b) Avaliação do Estagiário pela Empresa.

Ao final do estágio, o estagiário deve solicitar que seu Supervisor de Estágio (na empresa), faça uma avaliação de seu desempenho. Para essa avaliação, o supervisor deve preencher o documento Avaliação do Estagiário pela Empresa, que pode ser obtido clicando no nome do documento abaixo:

DOC.5 Avaliação do Estagiário pela Empresa

 

c) Folha de Avaliação de Estágio

Esta folha deve ser entregue, preenchida pelo aluno, junto com o Relatório de Estágio. Ela é usada pelo Coordenador do Estágio na UNICEP para atribuir a nota da disciplina Estágio Supervisionado, que corresponde ao Estágio Curricular Obrigatório. Esta folha pode ser obtida clicando no nome do documento abaixo:

DOC.6 Folha de Avaliação de Estágio

            

SER FUNCIONÁRIO EM EMPRESA LEGALMENTE CONSTITUÍDA

 

Poderá ser considerado como tendo cumprido os requisitos do Estágio Curricular Obrigatório o aluno que estiver legalmente contratado por uma empresa legalmente constituída, exercendo funções relacionadas ao Curso de Engenharia há pelo menos 1,5 meses (um mês e meio). Para isso, o aluno deverá fazer uma Solicitação de Equivalência de Estágio.


A seguinte documentação deverá ser apresentada pelo aluno na secretaria da coordenação:


- Cópia das páginas de identificação do trabalhador e registro do contrato de trabalho, da carteira de trabalho.
- Documento oficial da empresa contratante, contendo identificação da Empresa e do Empregado, a descrição do cargo e detalhamento das funções e atividades exercidas.
- Solicitação de Equivalência de Estágio


Este é o documento que o aluno deverá usar para solicitar a equivalência das atividades exercidas na empresa como funcionário com as atividades de Estágio Curricular Obrigatório. O aluno deverá preencher os dados, datar e assinar, o documento, que deve ser entregue à secretária da Coordenação de Cursos, para que o Coordenador de Estágio avalie a solicitação. Este documento pode ser obtido clicando no nome do documento abaixo.

DOC.7 Solicitação de Equivalência de Estágio

 

Avaliação do Estagiário pela Empresa

Ao final do estágio, o estagiário deve solicitar que seu Supervisor de Estágio na empresa (ou seu superior imediato), faça uma avaliação de seu desempenho. Para essa avaliação, o supervisor (ou superior imediato) deve preencher o documento Avaliação do Estagiário pela Empresa, que pode ser obtido clicando no nome do documento abaixo.

DOC.5 Avaliação do Estagiário pela Empresa
                  

ATENÇÃO: Caso o aluno seja funcionário de empresa legalmente constituída E DESEMPENHE TAREFAS NÃO RELACIONADAS COM O Curso de Engenharia , ele NÃO PODERÁ SOLICITAR EQUIVALÊNCIA DE ESTÁGIO.

O aluno poderá solicitar à empresa em que trabalha, a realização de Estágio Curricular Obrigatório em uma área em que DESEMPENHE TAREFAS RELACIONADAS COM O Curso de Engenharia.

 

SER PROPRIETÁRIO DE EMPRESA LEGALMENTE CONSTITUÍDA

 

Poderá ser considerado como tendo cumprido os requisitos do Estágio Curricular o aluno que for proprietário de empresa legalmente constituída há pelo menos 1,5 meses (um mês e meio), contados até a data da entrega dos documentos relacionados neste regulamento. Para isso, o aluno deverá fazer uma Solicitação de Equivalência de Estágio.

A seguinte documentação deverá ser apresentada pelo aluno na secretaria da coordenação:

- Cópia do Contrato Social da Empresa;
- Comprovante do Registro do Contrato Social no Cartório de Registros ou na Junta Comercial;
- Comprovante do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ);
- Comprovante da Inscrição Municipal se houver;
- Solicitação de Equivalência de Estágio: este é o documento que o aluno deverá usar para solicitar a equivalência das atividades exercidas na empresa como funcionário com as atividades de Estágio. Curricular Obrigatório. O aluno deverá preencher os dados, datar e assinar, o documento, que deve ser entregue à secretária da Coordenação de Cursos, para que o Coordenador de Estágio avalie a solicitação. Este documento pode ser obtido clicando no nome do documento abaixo.

DOC.7 Solicitação de Equivalência de Estágio

 

Você também pode!

Possibilita que o aluno financie seu curso SEM JUROS! Pagando metade do valor das mensalidades enquanto estuda, e a outra metade depois que se formar.

Programa do MEC destinado a financiar a graduação no Ensino Superior de estudantes que não têm condições de arcar com os custos de sua formação, regularmente matriculados em instituições particulares cadastradas no Programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. *Exceto Curso de Odontologia.

Tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais, a estudantes de cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. *Exceto Curso de Odontologia.

Programa do Governo do Estado de São Paulo, que concede bolsa integral a alunos matriculados nas IES em troca de trabalho nas escolas estaduais aos finais de semana. *Exceto Curso de Odontologia.

O programa visa a apoiar os alunos que apresentam carência sócio-econômica e disponibilidade para prestar serviços em diversos setores da instituição. O aluno recebe uma bolsa estudo/estágio na UNICEP, sem prejuízo de suas atividades acadêmicas. O termo de compromisso é válido por seis meses, podendo ser renovado de acordo com a indicação e/ou solicitação do setor assistido. *Exceto Curso de Odontologia.

Desconto concedido a alunos com um ou mais irmãos ou parentes de 1º Grau ou cônjuges, matriculados na Instituição, desde que o pagamento da mensalidade seja efetuado até a data do vencimento. *Exceto Curso de Odontologia.

Seleção por meio de prova elaborada por professor da área. O aluno com o melhor aproveitamento na prova é selecionado para dar monitoria na disciplina, cumprindo uma carga horária de 10 horas semanais. (Exigência: o aluno deve ter cursado e sido aprovado na disciplina). *Exceto Curso de Odontologia.

A UNICEP mantém convênio com várias empresas e órgãos públicos da região com intuito de beneficiar os colaboradores e funcionários de tais instituições concedendo descontos nas mensalidades. Consulte-nos para saber se a empresa ou órgão público em que trabalha possui convênio conosco e aproveite esta oportunidade. *Exceto Curso de Odontologia.

TRANSFERÊNCIA: Você que está estudando em outra instituição de ensino superior e está em dia com suas mensalidades, tem a possibilidade de transferir seu curso para UNICEP pagando o mesmo valor que está pagando na outra IES ou obter desconto de até 30% nas mensalidades. (sujeito à análise de vagas, documentação acadêmica e comprovação do valor da mensalidade). *Exceto Curso de Odontologia.

A UNICEP concede bolsas parciais de 50% de desconto para alunos graduados em universidades públicas e para egressos da própria UNICEP e, de 30% para egressos de outras instituições de ensino superior privadas, que desejarem cursar sua 2ª graduação conosco. (Válidos para ingressantes em 2017). *Exceto Curso de Odontologia.

Será concedido automaticamente desconto nas mensalidades até o final do curso para os alunos que se matricularem em cursos superiores relacionados pela UNICEP no início de cada ano, de acordo com demandas específicas. Caso tenha interesse, entre em contato conosco e obtenha a relação dos cursos e descontos previstos. *Exceto Curso de Odontologia.

A UNICEP concede desconto de até 40% para alunos que participam de competições esportivas, de âmbito nacional, profissionalmente (Federados - mediante comprovação). *Exceto Curso de Odontologia.

 

SETOR DE RELACIONAMENTO DISCENTE

 

Esgotadas todas as possibilidades citadas acima, o SETOR DE RELACIONAMENTO DISCENTE, após receber as solicitações de desconto, considerando a carência econômica e o desempenho acadêmico do aluno realiza uma análise e apresenta parecer para a Mantenedora, que poderá conceder descontos no valor da mensalidade de até 30%. Semestralmente a UNICEP fixará edital com a quantidade de bolsas parciais a serem concedidas, de acordo com os cursos e turmas em andamento, bem como cronograma estabelecido para o processo de concessão.
Para renovação do benefício o aluno não poderá ter qualquer dependência acadêmica.

OBS.: Os benefícios não são cumulativos. Preponderará o maior desconto.

Para maiores informações:

Setor de Relacionamento Discente
Telefone: (16) 3362-2111 ramal 2118
Secretaria